Como evitar o amarelamento dos dentes?

1) Realize a higiene bucal adequada dos dentes
A primeira etapa para evitar o amarelamento ou escurecimento dos dentes é seguir as recomendações de dentistas para uma higienização bucal correta, rigorosamente todos os dias. O indicado pelos dentistas é escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e, idealmente, após todas as refeições. Deve-se também usar fio dental pelo menos uma vez por dia para remover os resíduos onde a escova de dentes não alcança. Saiba tudo sobre como realizar uma higiene bucal adequada em nosso artigo completo sobre o assunto e, se você tem uma vida corrida, conheça 3 dicas para cuidar dos dentes em meio a rotina.

2) Evite os vilões da saúde bucal
Você já ouviu falar nos vilões da saúde bucal? Além de fazer mal ao esmalte dos dentes, poder provocar cáries e doenças bucais, também podem prejudicar a coloração dos dentes tornando-os amarelos e manchados. Para conquistar os dentes brancos que você tanto procura, conheça os vilões da saúde bucal e evite esses alimentos e hábitos sempre que possível.

3)  Evite erros comuns ao escovar os dentes
Muita gente não sabe, mas a má escovação dos dentes é tão prejudicial para a sua coloração quanto exagerar nos hábitos considerados “vilões da saúde bucal”. Isso porque escovar os dentes muito fortemente ou escová-los logo após as refeições podem agravar a ação de agentes abrasivos que desgastam o esmalte e o tornam mais suscetíveis a manchas e amarelamentos. Conheça os 6 erros mais comuns na hora de escovar os dentes e, sempre que possível, evite-os!

4) Complemente a escovação com enxaguante bucal
Uma boa dica para quem quer evitar o amarelamento dos dentes é utilizar, uma vez por dia, o enxaguante bucal para remover os resíduos de alimentos, auxiliar no clareamento dos dentes e evitar doenças bucais. Porém, cuidado para não abusar: o enxaguante bucal contém algumas substâncias abrasivas que, se usado em excesso, pode provocar danos ao esmalte dos dentes ao invés de ajudar a protegê-lo. Lembrando que o enxaguante bucal é só um complemento da escovação e do fio dental, não podendo de nenhuma forma substituí-los.

5) Cuide da saúde dos dentes
Se o amarelamento é causado pelo desgaste do esmalte e pela penetração de resíduos em sua camada exterior, o mais lógico que se pode fazer é cuidar da saúde dos seus dentes, para que se tornem fortes e saudáveis e resistam mais aos agentes cromogênicos. Conheça 6 dicas para ter dentes mais fortes e saudáveis.

6) Peça a seu dentista uma indicação de pasta clareadora
Cuidado para não se deixar levar por propagandas de produtos que prometem resultados incríveis em pouco tempo, mas que não tem nenhum embasamento científico ou resultados comprovados em laboratório. Ao invés disso, solicite ao seu dentista uma receita médica de pasta clareadora. Além de ser um profissional de sua confiança, ele tem conhecimento sobre os desafios que você tem para a sua saúde bucal e pode te indicar o produto adequado para as suas necessidades.

7) Recorra ao clareamento dentário
Uma alternativa quem quer impedir o agravamento da coloração nos dentes é recorrer aos clareamentos clínicos. O procedimento mais comum é realizado aplicando um gel (composto principalmente de peróxido de hidrogênio ou carbamida) a superfície dos dentes, que reage com os pigmentos amarelados ou manchas dos dentes e oxida-os, liberando oxigênio. Não realize procedimentos caseiros de clareamento sem qualquer instrução ou recomendação de um especialista, pois eles provocar o desgaste do esmalte e agravar a situação, podendo inclusive causar outros problemas para a saúde dos dentes. Não deixe os cuidados com a saúde e estética dos seus dentes para depois. Coloque o seu sorriso em primeiro lugar!

Share:

Deixe uma resposta